Marketing Digital e Marketing de Afiliados: É a mesma coisa?

Marketing Digital X Marketing de Afiliados: É a mesma coisa?

Introdução

O marketing digital foi difundido rapidamente no Brasil e tem dado à muitos empreendedores novas oportunidades de posicionar a sua marca no mundo digital, já que o avanço da tecnologia tem mudado o comportamento das pessoas perante à sociedade, inclusive alterando as relações de consumo.

Com esta oportunidade, milhares de pessoas encontraram na internet uma nova forma de empreender e com a liberdade de viver de suas paixões, com vantagens que ultrapassam qualquer outro tipo de empreendimento.

Eis que o marketing digital surgiu como um meio de regular e estudar as novas relações das pessoas com a sua atitude de compra na internet, aplicando técnicas que levam as empresas a ficarem visíveis pelos seus possíveis clientes através de interações online.

Afinal, é aquele famoso ditado: Quem não é visto, não é lembrado, não é mesmo?

Porém, de forma equivocada, é comum que o marketing digital seja confundido com o marketing de afiliados, ou com os consultores digitais, sendo que não se tratam todos da mesma coisa!

Muitos profissionais afiliados, ao descreverem a sua profissão, se intitulam como profissionais de ‘’marketing digital’’, sendo que apenas atuam com vendas de produtos afiliados, enquanto que o marketing digital é uma espécie abrangente de gerenciar negócios na internet, através de técnicas.

Conforme veremos a seguir, as duas profissões possuem formas de atuação e finalidades diferentes, que no fim podem se complementar.

Portanto, vamos entender estas diferenças?

O que é Marketing Digital?

O Marketing Digital possui a característica de ser mais abrangente, geral, podendo nele ter diversas áreas de atuação, dentre eles o mercado de afiliados.

É como se o marketing digital fosse o ‘’nicho’’ e o marketing de afiliados uma espécie de ‘’subnicho’’.

Segundo o renomado profissional da área de marketing Theodore Levitt, ‘’Marketing é a capacidade de obter e manter clientes.’’

Portanto, o marketing digital nada mais é do que o marketing feito na internet, ou seja: de forma digital, utilizando ferramentas pagas ou ferramentas gratuitas.

Através deste método, é possível localizar clientes em potencial e/ou permitir que eles encontrem o serviço que está sendo divulgado por meio da internet, aumentando a visibilidade da marca e gerando mais vendas.

Assim, o relacionamento poderoso construído entre consumidor e fornecedor que resulta em lucros só é possível através de boas estratégias de marketing!

Tal ferramenta é utilizada por lojas e-commerce, lojas físicas, locais de prestação de serviços, restaurantes, lanchonetes, dentre outros.

Além disso, o marketing digital oferece oportunidades de divulgação e visibilidade do negócio para todos os ramos, incluindo as profissões mais tradicionais – médicos, advogados, dentistas – sempre respeitando a legislação de ética e publicidade destas áreas.

Existem diversas possibilidades incluídas dentro do nicho de marketing digital, dentre eles estão as mais comuns e que tem criado competitividade no mercado de trabalho: consultores e agências especializadas em gerenciamento de redes sociais e posicionamento de marcas na internet.

Consultor de Marketing Digital

Com a adequação do marketing digital em nosso país, eis que surgiu uma nova profissão, e eu diria que um tanto quanto ‘’moderna’’ e desconhecida para muitas pessoas: consultoria em marketing digital e gerenciamento de redes sociais, por um profissional autônomo ou através de agências.

Estes profissionais perceberam uma nova tendência de mercado e uma necessidade de as marcas estarem presentes nas redes sociais, oferecendo o serviço de agenciar propagandas pela internet, além de produzir conteúdo de valor para o público-alvo, no intuito de conquistar novos clientes.

Assim, eles são responsáveis pela comunicação digital da empresa por meio de ferramentas digitais: sites, blogs, e-mails, vídeos, além da veiculação de campanhas.

Para ser um bom profissional nesta área, é necessário ter afinidade com comunicação e se empenhar ao estudo de métricas, para saber se o resultado desejado das propagandas foi alcançado, além de que  deve conhecer a fundo sobre  a persona (público-alvo) do seu cliente: idade, profissão, gostos, comportamentos na internet...

Vamos dar um exemplo: alguma vez você procurou algum produto no Google e em seguida recebeu uma enxurrada de anúncios em suas redes sociais oferecendo para você anúncios parecidos com a sua pesquisa?

Este serviço é feito nada mais nada menos do que pelo próprio consultor de marketing. Ele consegue direcionar suas publicações e anúncios para o público que pesquisa pelas mesmas palavras-chaves que você digitou, fazendo com que você veja o anúncio da empresa desejada.

Contudo, nem todos os profissionais de marketing trabalham com a afiliação de produtos... E é o que vamos explicar a seguir.

Marketing de Afiliados – O que e para quem é?

Como já dito, o marketing de afiliados é um ‘’sub nicho’’ do marketing digital, uma das formas de ganhar dinheiro online.

Digamos que o marketing digital seja o genérico e o marketing de afiliados seja específico: um complementa o outro, mas nem sempre um profissional de marketing digital atua como um afiliado.

O afiliado, por sua vez, precisa de estratégias para que o seu produto seja visível, assim como qualquer produto vendido na internet... A diferença é que o afiliado trabalha fazendo divulgação em troca de comissionamento quando a venda é realizada.

O afiliado pode divulgar produtos físicos ou digitais, sem a necessidade de produzir o material que será vendido: ele será afiliado a quem o produziu, além de contar com uma página de vendas estruturada para converter vendas e, em alguns casos, materiais de divulgação.

Estas comissões podem chegar até o valor de 50% do produto final, e a comissão é identificada através de um link personalizado dado pela plataforma ao afiliado. Cada vez que alguém compra através do link de um afiliado, a comissão vai direto para ele.

Assim, também há a utilização de ferramentas digitais como blogs, mídias sociais e outras para educar o público e fazer a divulgação do produto. A diferença é que o afiliado não trabalha para a visibilidade de outras empresas – e sim para receber a comissão da afiliação.

Sendo assim, o trabalho de um afiliado depende totalmente de estratégias de marketing – e talvez por isso seja confundido o termo. Mas, agora que você já sabe, não irá confundir mais!

Vale ressaltar que nada impede de que o afiliado também seja um consultor digital e vice-versa, já que são áreas similares, e é o que muitos que entram para este mercado tem feito, e tende a crescer a cada dia mais.

Conclusão

Bem, eu espero você tenha entendido a diferença entre marketing digital e marketing de afiliado, além das possibilidades de profissões trabalhando com o marketing digital.

Certamente, vale investir nesta área, pois é um mercado que vem crescendo a cada dia mais no Brasil.

Cada dia mais, empresas tem percebido a importância de estar presentes na internet, até mesmo para o crescimento do seu negócio físico.

O mercado de afiliados, por sua vez, tem tomado cada vez mais espaço e mudado a vida de diversas pessoas que buscam a independência financeira.

Portanto, a Turbo MKT está aqui para te ajudar a desenvolver a sua melhor experiência com este mercado, entendendo as necessidades de produtores e afiliados em ter uma boa experiência com a plataforma de acesso aos produtos de forma prática, baseado em anos de estudos e vivência no mercado digital.

Caso tenha gostado do post, compartilhe com seus amigos, comenta aqui em baixo o que achou e fique por dentro, pois toda semana temos artigos novos. Nós sempre queremos trazer o que há de mais novo e importante para você!

Grande abraço, e até o próximo post.


Tags


Talvez você queira saber...